Em parceria público-privada, MInfra inaugura terminal ferroviário de cargas no TO

https://antuerf.org.br/wp-content/uploads/2020/03/13510769_115394892225066_8388281547725870511_n.jpg

Construído em área da Valec, em Porto Nacional, espaço foi concedido à distribuidora de combustíveis Petronac

O Ministério da Infraestrutura (MInfra) inaugurou, nesta sexta-feira (4), terminal ferroviário de cargas da empresa de combustíveis Petronac, localizado em Porto Nacional/TO. Com mais de seis hectares, a área pertence à Valec Engenharia, Construções e Ferrovias S.A. e foi concedida à empresa, mediante pagamento de outorga à União. O terminal ocupa parte do pátio que a estatal implantou próximo à Ferrovia Norte-Sul (FNS), linha férrea também construída pela Valec. O gerente de projeto do MInfra, Alex Trevizan, representou a pasta na solenidade. “No começo do ano que vem, a Ferrovia Norte-Sul estará conectada à Malha Paulista, abrindo um horizonte de possibilidades e oportunidades”, destacou Trevizan.

antuerf.org.br

O valor de outorga é de mais de R$ 10 milhões, a serem pagos até o final da concessão, que tem prazo inicial de 30 anos. Além disso, encerrado o período de outorga, as melhorias efetuadas pela concessionária para o funcionamento do terminal serão revertidas para a estatal. “Este modelo de parceria entre os setores público e privado é uma orientação do Governo Federal, que chega para a Valec como diretriz clara por parte do Ministério da Infraestrutura e tem se mostrado muito eficiente. De nossa parte, cumprimos nosso papel como empresa pública indutora de desenvolvimento ao viabilizarmos os empreendimentos e torná-los interessantes para o investidor privado”, declarou André Kuhn, diretor-presidente da Valec.

ECONOMIA LOCAL – O terminal de cargas da Petronac tem um desvio ferroviário com capacidade de carregamento de 32 vagões simultâneos, com tempo de carregamento total de até oito horas, correspondendo a 360 metros cúbicos por hora. A capacidade de movimentação mensal é de 60 milhões de litros. Segundo a concessionária, houve um investimento de aproximadamente R$ 40 milhões para a construção das instalações, ramal ferroviário e automação de transbordos.

Para a região de Porto Nacional, essa parceria entre as empresas renderá empregos diretos e indiretos, o que fomentará a economia local. “Parte fundamental da nossa função social é justamente estimular o desenvolvimento econômico das regiões por onde passam as ferrovias e os pátios intermodais, grandes propulsores desse desenvolvimento. Estamos lançando hoje, em primeira mão, nosso programa Terminais Inteligentes, que abarcará todos os aspectos importantes para fecharmos negócios lucrativos, gerando um ciclo virtuoso tanto para a Valec quanto para as empresas privadas que negociarem conosco nossos ativos”, disse o diretor de Negócios da Valec, Jeferson Cheriegate.

Ministério da Infraestrutura

https://antuerf.org.br/wp-content/uploads/2020/03/13510769_115394892225066_8388281547725870511_n.jpg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *