Ferrovias

https://antuerf.org.br/wp-content/uploads/2020/03/13510769_115394892225066_8388281547725870511_n.jpg

Antes do leilão, os termos aditivos de prorrogação dos contratos de concessão da Estrada de Ferro Vitória-Minas (EFVM) e da Estrada de Ferro Carajás (EFC), ambas administradas pela Vale S/A, foram assinados, também na capital paulista, pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e a concessionária.

Com a renovação antecipada de concessões das ferrovias, são esperados investimentos de mais de R$ 17 bilhões nos próximos 30 anos, além de R$ 4,6 bilhões em outorgas. Como resultado das negociações entre governo e Vale, parte do valor da outorga da EFVM vai viabilizar a construção da Ferrovia de Integração do Centro-Oeste (FICO), entre Mara Rosa/GO e Água Boa/MT. O novo trecho deverá permitir o escoamento da produção de grãos do Vale do Araguaia até a Ferrovia Norte-Sul.

“Fechamos o ano em grande estilo. A assinatura das renovações de concessões das ferrovias da Vale e o arrendamento dos terminais portuários representam a confiança os investidores no nosso país. Serão esses investimentos que vão transformar nossa infraestrutura e movimentar nossa economia”, disse o ministro.

Fonte: https://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2020-12/infraestrutura-arrecada-r-875-milhoes-em-leilao-de-quatro-portos?fbclid=IwAR1HVdlZ2KHtxM2d1zleN22jU3PREthM0knScSCc2FRl0kNAmdphFCqeF9ohttps://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2020-12/infraestrutura-arrecada-r-875-milhoes-em-leilao-de-quatro-portos?fbclid=IwAR1HVdlZ2KHtxM2d1zleN22jU3PREthM0knScSCc2FRl0kNAmdphFCqeF9o

https://antuerf.org.br/wp-content/uploads/2020/03/13510769_115394892225066_8388281547725870511_n.jpg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *